Follow by Email

terça-feira, 5 de julho de 2016

COLUNA DO IDOSO

Benefícios da relação entre avós e netos


Quando dizem que ser avó é ser mãe duas vezes, não estão mentindo. Com a chegada dos filhos todo homem e mulher muda, mas quando os netos nascem dá a impressão de que as mudanças são ainda maiores. Você aprende a ser ainda mais paciente e flexível, entende que os netinhos também precisam do espaço deles e, claro, fazem todos os gostos das crianças e adolescentes.
Aliás, esse último aspecto é o que mais incomoda os pais, não é mesmo? Afinal, quem nunca ouviu reclamações dos filhos alegando que estão “mimando” demais a criança ou que não podem fazer todas as vontades dos netos?
O que acontece, de fato, é que como os avós possuem um tempo maior para ficar com os pequenos, afinal, já estão aposentados, conseguem manter um relacionamento mais leve e divertido com o neto. Sendo assim, conseguem conversar, realizar tarefas juntos, brincar, partilhar momentos, entre outras tarefas típicas do cotidiano de um avô e uma avó que todos nós sabemos.
Mas, você sabia que a relação entre avó e neto traz muitos benefícios tanto para a criança como para o idoso? Quer saber quais são eles? Então confira abaixo:
BENEFÍCIOS PARA OS NETOS - Proteção e amor: A infância é um período marcado por muitas descobertas e transformações na vida da criança que começa a transitar para a adolescência. Neste momento, o papel dos avós é orientar sobre como são as mudanças e em que elas acarretam. E uma das melhores maneiras de fazer com que o pequeno aceite as transformações é lhe proporcionando muito carinho, amor e atenção. Dessa forma, com o carinho dos mais velhos, meninos e meninas sentem-se mais protegidos das mudanças.
Personalidade da criança: atuar fortalecendo os vínculos afetivos e familiar da criança ajuda na formação da sua personalidade. Isso porque é justamente nos primeiros anos da infância que são delineadas as principais características do jeito. Por isso, é importante que a família esteja perto e prestando o devido suporte físico e psicológico da criança.
Respeito pelos mais velhos: a companhia do avô ou avó faz com que a criança entenda como é ser mais velha e, diante disso, aprenda a respeitá-los, aceitando suas diferenças e entendendo suas limitações.
BENEFÍCIOS PARA AS AVÓS - Afasta a depressão: A boa relação entre ambos ajuda a reduzir os sintomas da depressão nas duas gerações. No caso dos netos, a relação ajuda a passar uma maior segurança. Já para os avós, a criança representa um tempo de renovação que lhe aproxima da juventude.
Ajuda a ficarem mais ativos: O contato com a criança distrai e ajuda a te deixar mais ativo, fazendo com que você se sinta mais útil. Isso porque, com a convivência a criança estimula o idoso a realizar atividades que exijam mais movimentação, como brincar no parque, passear no shopping, etc.
Troca de gerações: Esse é um aspecto que costuma ser muito produtivo para o idoso, pois os netos ensinam as particularidades da sociedade moderna. Como novas ferramentas tecnológicas, vestimentas, mudanças no cotidiano, entre outros fatores.
Fonte: www.aterceiraidade.com/

MOBILIZAÇÕES CMDI



































quinta-feira, 12 de junho de 2014



O CMDI  convida a todos  para participar da mobilização social 
em atenção ao dia 15 de junho em que se comemora o
 Dia  Mundial e Municipal de Conscientização da Violência Contra Idosos 
que acontecerá nos dias 13 e 16 de junho 2014.
Informamos que o objetivo da data é criar uma consciência mundial, 
social e política da existência da violência contra a pessoa idosa, e, 
simultaneamente, disseminar a ideia de não aceitá-la como normal.



PROGRAMAÇÃO

1 de junho
Passeata
08h30 –  Concentração na Praça da Xícara  e destino à Praça da Prefeitura. 
16 de Junho
Palestra com Dra Susy Mara de Oliveira
Local: Centro da Juventude de Paranavaí - Rua Operária, 355 - Vila Operária
Horário: 13h30


quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Dia do Idoso: “Precisamos resgatar o amor e o respeito à pessoa idosa”



No dia 1º de outubro, comemorou-se em todo o país o Dia do Idoso. Em Paranavaí foi realizada uma mesa redonda de debates para marcar a data e debater as políticas públicas de atenção e proteção à pessoa idosa no município, abrangendo todas as áreas de necessidade como saúde, educação, assistência e família. 


 Para a presidente do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso, Vilma Batista, discutir as políticas públicas relacionadas aos idosos é fundamental para uma mudança de mentalidade da sociedade. “Essas pessoas já fizeram muito pela sociedade e precisam encontrar apoio e cuidado nesta fase em que muitos já não conseguem mais viver de maneira independente”, destacou.


Alunos da Oficina de Música AGEPAZ
Representantes dos grupos de idosos atendidos pelos CRAS, CREAS e SESC também participaram do evento que contou com uma mesa de debates conduzida pela secretária Marly Bavia e a promotora Suzi Mara. O gerente do INSS de Paranavaí, Daniel Pereira de Siqueira, e a enfermeira da Secretaria de Saúde, Rose Burgel, também participaram da mesa redonda. Além da apresentação do Grupo da Terceira Idade do Sesc e dos alunos da Oficina de Música da entidade Agepaz.





Grupo Terceira Idade SESC




quinta-feira, 27 de junho de 2013

Passeata de conscientização contra a violência ao idoso reúne centenas de participantes



No dia 15 de junho é lembrado o Dia Municipal de Conscientização sobre a Violência Contra o Idoso. E para marcar a data, centenas de idosos e membros de vários segmentos ligados ao tema saíram às ruas de Paranavaí na manhã no dia 14 de junho numa passeata de divulgação e conscientização da população sobre o assunto.
A mobilização contou com a apresentação dos alunos da APAE de Paranavaí e do Coral da Terceira Idade do SESC.




NÚMEROS - Somente nos primeiros meses de 2013 o Conselho Municipal do Direito do Idoso recebeu 18 novos atendimentos de situações de negligência, maus-tratos e abandono de idosos. De acordo com a conselheira Leonar Cardoso, houve intervenção em três pensões voltadas para idosos e que funcionavam de forma ilegal. 
A conselheira disse que no segundo semestre de 2012 foram registrados 46 casos que foram acompanhados pela Secretária Municipal de Assistência Social, Vigilância de Saúde, Conselho do Idoso e pelo Ministério Público.
A maioria dos casos envolve familiares e pessoas próximas das vítimas. Por isso é importante que a denúncia seja efetivamente feita para que o idoso seja retirado do local de risco. As denúncias podem ser feitas através dos telefones 3902-1132 e 3902-1017.





 

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Convite

A reunião ordinária do mês de abril do CMDI acontecerá nesta terça-feira dia 02/03 as 8horas na sede deste conselho na Rua Pará, 1125.

Venha participarconosco!!!

quarta-feira, 6 de março de 2013

Nesta terça-feira dia 12/03 acontecerá a  Reunião Ordinária do CMAS, que será realizada ás 8h00 na sede deste conselho na Rua Pará, 1125.

As reunião são abertas a comunidade...Então, venha participar!!!